Pernas Inquietas

O ato de balançar as pernas repetidas vezes ao longo do dia e também durante pode estar relacionada à síndrome das pernas inquietas.

Esta sindrome pode ter três vertentes:

  • Ansiedade: Específica de pessoas que ficam mexendo as pernas no dia a dia, pode estar relacionado a transtornos de ansiedade, causando uma sensação de agonia nas pernas e uma necessidade de mexer a perna o tempo inteiro, muitas vezes por hábito mesmo.

  • Tique nervoso: Movimento involuntário (miofasciculações) e, portanto, um escape neurológico que ocorre na junção na fibra muscular com o neurônio. Geralmente também está associado com o estresse, com ansiedade e pode também estar associado com crises convulsivas e outros males.

  • A síndrome de mioclonia noturna ou síndrome de pernas inquietas: é a urgência para mexer as pernas ao final do dia, em repouso, durante a passagem do estado de vigília ao sono, podendo ocasionar despertares breves ou mesmo prolongados, além de fazer com que a pessoa acorde com a sensação de estar caindo.

 

Trabalhar na reflexologia:

  • Fibras Nervosas.

*Se for em decorrência da Ansiedade: