Sinusite

Sinusite é a inflamação dos seios paranasais. O seios  paranasais são cavidades nos ossos do crânio ao redor do nariz e que se comunicam com as fossas nasais. 

 

Sintomas comuns:

Produção de muco nasal espesso;

Nariz entupido;

Dor na face.

 

Pode causar também febre, dores de cabeça, diminuição do olfato, irritação ocular, garganta inflamada e tosse.

Causas físicas:

  • Infeção virais (mais comum) e bacterianas (sintomas prolongados ou persistentes);

  • Alergias;

  • Poluição do ar;

 

Diagnostico: Avaliação clínica, não sendo normalmente necessários raios-X, exceto quando se suspeite de complicações. Nos casos crónicos está recomendado um exame de confirmação, geralmente feito através de visualização direta ou tomografia computorizada.​


Fatores de risco
Os episódios recorrente de sinusite são mais comuns entre as pessoas com asma, fibrose cística ou imunodeficiência.

Causas emocionais:

A causa metafísica da sinusite esta relacionada a quadros de incomodo ou irritação com pessoas ou situações cotidianas (barulho, interrupção, etc...). 

Comportamental associado:

Normalmente associado a uma dificuldade de lidar com situações que causam incomodo. Por exemplo, som de TV ligada em situações onde requer atenção. Aprender a ser mais tolerante e a ter uma atitude mais assertiva é fundamental para se tratar esta dificuldade. Ter uma atitude diferente requer que a pessoa explique de modo sereno para outras pessoas sua necessidade de estar em um ambiente mais tranquilo para terminar suas tarefas. 

No caso de incômodos nos sinus devemos nos fazer as seguintes perguntas:

  • Você tem se incomodado com pessoas ou situações?

  • Estou sendo contrariado?

  • Você tem se recusado a aceitar situações?

Vamos ver como a Reflexologia podal aborda a sinusite!

A área reflexa dos sinus nos pés corresponde ao centro da digital de cada um dos dedos nos pés. Usamos o instrumento de reflexologia para pressionar estas áreas e sentira a percepção a dor. A dor aguda sinaliza que a área esta afetada. Como cada dedo corresponde a uma emoção, usaremos este critério para verificar se o incomodo é referente a apenas uma ou mais emoções ou esta em todos os dedos. Se todos os dedos apresentarem grande desconforto ao toque, é um forte indicio de problemas físicos (inflamação) nos seios paranasais. O estimulo nestas áreas reflexas, além de auxiliar na recuperação de quadros inflamatórios, também cria recursos neurológicos (plasticidade neural) para que o interagente possa estar mais tolerante a incômodos e busque atitudes para ter uma convivência mais harmônica com pessoas e situações. 

 

Áreas reflexas normalmente estimuladas para tratamento:

  • Hipotálamo;

  • Hipófise;

  • Coluna com ênfase na C2 por estar relacionado ao olhos, nervos óticos, nervos auditivos, sinus, ossos mastoides, língua, anterior a cabeça. Portanto seu estimulo atua sobre sinusites, alergias, estrabismo, surdez, problemas oculares, dor de ouvido, desmaios periódicos certos casos de cegueira, renite alérgica;

  • Cabeça;

  • Sinus;

  • Córtex interno (infecção) e externo (Inflamação) da Suprarrenal.

  • Sistema linfático superior;

  • Timo;

  • Nariz;

  • Ossos da fase.